Browse By

STF decide com autoritarismo que prefeitos e governadores podem decretar isolamento

STF decide com autoritarismo que prefeitos e governadores podem decretar isolamento em meio a maior pandemia enfrentada na história do Brasil.

A crise do coronavírus, tem gerado muitos prejuízos no Brasil, além da saúde, que já condenou mais de 1700 pessoas a morte, e infectou mais de 29 mil, além de destruir mais de 9 milhões de empregos, e mais de 60 mil empresas.

Embora tenha todos esses aspectos negativos, o Brasil com a quarentena parcial, tem curado mais pessoas do que a média mundial. Entre os 29 mil infectados, mais da metade, já está curado, chegando ao todo a mais de 14 mil pessoas, com média de 50%, em média a 22% registrado no mundo.

Em meio a grande autoritarismo já registrado por diversos governadores, e prefeitos contra os cidadãos, que precisam continuar tendo sustento, o STF, de maneira autoritária por unanimidade, decidiu que governadores e prefeitos podem decretar isolamento total no período da pandemia.

Além disso, ainda decidiram que os estados e municípios terão autonomia para decretar quais serviços serão essenciais, assim podendo prejudicar mais ainda a economia do Brasil.

Segundo o Ministro Alexandre Moraes:

“Não é possível que a União queira ter o monopólio da condução administrativa da pandemia nos mais de cinco mil municípios, isso é absolutamente irrazoável. Como não é possível que os municípios se tornem repúblicas autônomas dentro do Brasil, fechando seus limites geográficos, impedindo entrada de serviços essenciais. A Constituição estabelece a divisão de competências a partir da cooperação de interesses”.

STF decide com autoritarismo que prefeitos e governadores podem decretar isolamento

Conheça os Melhores Cartões em Cartões Caixa

Volte à Pagina Inicial do Nosso Site Para Ver as Notícias do Dia!

O que está acontecendo com o STF? - ISTOÉ Independente

Entretanto… No entanto… De acordo com o… Ainda de acordo com… Mesmo que… Por outro Lado… Além disso… Mesmo porque… Aliás… Afinal… Ademais… Anteriormente… Assim… contudo… Embora… Enquanto… Então… Entretanto… Outrossim… Pois… Por enquanto… Por enquanto…