Browse By

Ministério Público Federal investiga danos causados pela Vale




 

Após tragédia em Brumadinho, o Ministério Público Federal investiga danos causados pelo rompimento da barragem da Vale.

Os executivos da empresa podem ser responsabilidades pela tragédia ocorrida. A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, defende a revisão dos protocolos de seguranças das barragens. “Há em Minas Gerais, 700 barragens, todas elas avaliadas já em algum grau de risco”, disse Raquel.

Na manhã desta segunda-feira, a procuradora-geral da República afirmou que esta sendo montada uma força tarefa, para investigações dos responsáveis. Para serem punidos pelos danos ambientais e as responsabilidades civis e administrativa pelo rompimento da barragem.

“Em primeiro lugar devemos tratar da responsabilidade do tocante a indenização das famílias. As famílias estão muito preocupadas com os entes queridos. É preciso localizá-los , dar a certeza do paradeiro de cada um, mas é preciso também que elas tenham algum tipo de de socorro. Muitos perderam o modo de trabalho, o modo de financiamiento das vidas”. Declarou Raquel Dodge.

Disse também que o desastre de Brumadinho mostra o quanto estas tragédias devem ser prevenidas. E que os responsáveis devem serem punidos mais severamente. E que não pode ficar impune, e penalizados.

Afirma também que o presidente do Conselho Nacional do Ministério Público ira se reunir com o Supremo Tribunal Federal(STF), ministro Dias Toffoli na tarde desta terça-feira para tratar da responsabilização dos responsáveis.

Visite Nosso Canal “WOL Notícias – World OnLine” No Youtube




Ministério Público Federal investiga danos causados pela Vale
Engenheiros são presos por suspeita de fraudes em documentos
Jandira Feghali curtiu post que ataca Brumadinho por eleger Bolsonaro e vira piada na internet
Soldados e Equipamentos de Israel chegaram Hoje em Brumadinho e já resgatam corpos
Essa conta não pode vir para o governo diz Mourão
Dono de pousada frequentada por famosos morre em Brumadinho
Bombeiros voluntários são proibidos de ajudar em Brumadinho.
Vaca que estava atolada foi sacrificada ontem em Brumadinho
Adido militar se separa de Maduro e declara apoio a Presidente Guaidó
Kim Kataguiri desiste de ser presidente da Câmara
Jean Wyllys diz que o presidente sempre o difamou
Ministério Público Federal investiga danos causados pela Vale
Jean Wyllys tenta destruir a imagem do governo se fazendo de político refugiado
Com Bolsonaro em cirurgia General Mourão assume presidência novamente!
Afastamento dos diretores da Vale é discutida pelo governo
Tragédia em Brumadinho já é comparada a outros grandes desastres no mundo
Denúncia contra Lucio Vieira Lima em mais um desdobramento da Lava Jato
Governador libera a escala de 13° Salário dos servidores estaduais de Minas Gerais