Browse By

Deputado Gil Diniz denuncia Moraes na Corte Interamericana

Deputado Gil Diniz denuncia Moraes na Corte Interamericana.

O Deputado estadual Gil Diniz (PSL-SP) apresentou uma denúncia na Corte Interamericana de Direitos Humanos contra o ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF).

A medida tomada por Diniz se deu em razão do inquérito conduzido pelo membro da Suprema Corte sobre a produção de notícias falsas.

Em nota publicada nas redes sociais, o parlamentar afirmou que o investigação é ilegal e abusiva e que possui “vício de origem”, já que traz Moraes como vítima, investigador e julgador

O próprio prejudicado pretende conduzir a investigação e o julgamento dos fatos, algo que não existe em lugar algum do mundo! Vale ressaltar que o STF não detêm poder acusatório, sendo que no Brasil isso deve ser feito pelo Ministério Público e, em última instância, pela Procuradoria Geral da República , destacou Gil.

O parlamentar lembrou que o pedido de arquivamento do inquérito já havia sido feito pela Procuradoria Geral da República (PGR), mas foi negado pelo próprio STF. Diniz afirmou que acionou a Corte Interamericana após ter esgotado todas as instâncias brasileiras.

Nós acionamos a Corte Interamericana porque esgotamos todas as instâncias judiciais brasileiras. A nossa denúncia vem demonstrar junto a Corte Interamericana e ao OEA que o ministro do STF, Alexandre de Moraes, abusa do cargo e das funções que exerce, de forma reiterada e sistemática, cometendo inúmeras ilegalidades, disse.

Gil Diniz finalizou a nota dizendo que o STF tem atuado como um “tribunal policialesco” e que a Corte não tem respeito pela Constituição Federal.

Visite nossa pagina TV Bolsonaro Presidente no Facebook e faça parte da nossa comunidade

Volte à Pagina Inicial do Nosso Site Para Ver as Notícias do Dia!

Deputado Gil Diniz denuncia Moraes na Corte Interamericana

Entretanto… No entanto… De acordo com o… Ainda de acordo com… Mesmo que… Por outro Lado… Além disso… Mesmo porque… Aliás… Afinal… Ademais… Anteriormente… Assim… contudo… Embora… Enquanto… Então… Entretanto… Outrossim… Pois… Por enquanto… Por enquanto…