Browse By

Paulo Guedes humilha esquerda durante debate sobre reforma da Previdência na Câmara dos Deputados




 

O ministro da Economia Paulo Guedes humilha esquerda durante debate sobre reforma da Previdência na Câmara dos Deputados nesta quarta-feira (3).

Guedes participou do debate durante audiência na Comissão de Constituição e Justiça e da Cidadania que foi realizada na Câmara. A audiência foi marcada por brigas e xingamentos.

A audiência foi marcada pelos embates entre o ministro da Economia e a oposição que rebatia a todo o tempo a fala do ministro, com ataques à reforma e o governo.

Guedes defendeu a reforma da Previdência, e disse que o governo gasta dez vezes mais com Previdência do que com educação. Afirmou que o sistema atual está “financeiramente condenado” e é perverso. E disse também sobre o plano para cobrar devedores.




O ministro era interrompido a cada fala e ao ser interrompido ao falar sobre o plano de cobrança de de devedores, Guedes rebateu a oposição, e humilhou a esquerda, dizendo tudo que eles precisavam ouvir.

“Vocês estão a quatro mandatos no poder, por que não colocaram imposto sobre dividendo? Por que deram benefícios para bilionários?, Por que deram dinheiro para a JBS?, Por que deram dinheiro o BNDS? Por que?” disse Guedes que foi aplaudido pela base aliada.

“Vocês estiveram no governo, nós estamos há três meses. Vocês tiveram 18 anos no poder e não tiveram coragem de mudar” disse o ministro a oposição.




A audiência foi encerrada após mais de seis horas de debates. Depois de confusão criada pelo deputado petista Zeca Dirceu (PT-PR) ao dizer que Paulo Guedes age como “tigre” em relação a aposentados idosos e pessoas com deficiência, mas como “tchutchuca” em relação a “turma mais privilegiada do país.

Logo após bate-boca o presidente da CCJ pediu que os dois retirassem as ofensas. Guedes porém disse que “Eu respeito quem me respeita. E você não me respeita. Você não merece meu respeito” disse Guedes à Zeca Dirceu.

Anuncie Sua Marca Aqui

Visite Nosso Canal “WOL Notícias – World OnLine” No Youtube




Associação pede ao STF fim dos transportes coletivos de passageiros por meio de aplicativo
Presidente Bolsonaro vai analisar horário de verão
Eduardo Bolsonaro denuncia agressões durante ato contra a ditadura
Bolsonaro visita muro das lamentações em Jerusalém
Recurso de Lula será analisado pelo STJ
Alerj pedirá investigação sobre atuação de snipers no Rio de Janeiro
Ministro Barroso diz que ‘a sociedade deixou de aceitar o inaceitável’
Maduro anuncia racionamento de eletricidade na Venezuela