Browse By

Sérgio Cabral aponta parceria com a Globo em delação premiada

Sérgio Cabral aponta parceria com a Globo em delação premiada.

O ex-governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, que foi preso, e condenado a ficar um século na cadeia, de tantos crimes que cometeu, apontou em sua última delação premiada a lava jato, que fez uma parceria com a Globo.

Ele acabou entregando o nome da emissora, que até o momento, ainda não se manifestou sobre a delação premiada à justiça.

Segundo o famoso jornalista, Augusto Nunes, que é um dos mais famosos na Jovem Pan, Cabral ainda tem informações que vincula a Rede Globo a seus crimes.

Em suas palavras ele afirmou:

“As primeiras revelações explicam a irrelevância atribuída pelos telejornais da empresa ao que Cabral já contara ou tem a contar. Essa boa vontade teve um preço”

Na matéria de Augusto Nunes, vinculado ao portal de notícias R7, o valor do crime, foi de aproximadamente de R$ 80 milhões, que foi pago, segundo Sérgio Cabral, para que a Globo não se manifestasse.

Ele afirmou:

“Segundo o ex-governador, o silêncio da Rede Globo custou pelo menos R$ 80 milhões, valor do acerto sem licitação que contemplou a Fundação Roberto Marinho com a gerência de estudos, projetos e desenvolvimento de conteúdo para a implantação de um vistoso equipamento cultural na cidade do Rio.”

Concluindo, o jornalista Augusto Nunes, disse:

“Ainda de acordo com Cabral, uma licitação fraudulenta permitiu à fundação indicar a construtora responsável pela obra. Isso garantiu a proximidade do governante delinquente com a família Marinho, informam os depoimentos à Polícia Federal.”

Sérgio Cabral aponta parceria com a Globo em delação premiada

Conheça os Melhores Cartões em Cartões Caixa

Volte à Pagina Inicial do Nosso Site Para Ver as Notícias do Dia!

Entretanto… No entanto… De acordo com o… Ainda de acordo com… Mesmo que… Por outro Lado… Além disso… Mesmo porque… Aliás… Afinal… Ademais… Anteriormente… Assim… contudo… Embora… Enquanto… Então… Entretanto… Outrossim… Pois… Por enquanto… Por enquanto…