Ministro da Educação ao lado de Bolsonaro em live semanal explica cortes do MEC




 

Abraham Weintraub, Ministro da Educação, ao lado de Bolsonaro em live semanal explica cortes do MEC (Ministério da Educação), em transmissão ao vivo pelo Facebook.

Marcelo Borges idealizador de pesquisas com pele de tilápia que se iniciou em 2014, explicou a pesquisa e como funcionaria o tratamento de queimaduras com a utilização de pele de tilápia, que é um peixe famoso no nosso Brasil.

Marcelo Borges, ao lado de Eudorico Morais, explicou que o custo com esse tratamento seria reduzido até pela metade do utilizado hoje em dia.

Nesta quinta-feira (9), o presidente Jair Bolsonaro se sentou ao lado de Weintraub para explicarem juntos o corte do MEC. Durante a transmissão ao vivo, ele utilizou até mesmo “chocolates” para exemplificar.




“Muita gente está espalhando o terror e falando coisas que não estão acontecendo. A economia está afundando, as pessoas estavam com medo de comprar roupa, não trocavam de geladeira, de televisão. A gente parou de afundar, mas ainda estamos em uma situação muito delicada” disse o ministro.

O ministro ainda explicou que o ministro da Economia Paulo Guedes, teve que fazer os corte no MEC, porque a lei manda “contingenciar”.

Ele usou os chocolates para explicar, e comparou o cenário de uma universidade federal hipotética ao de uma empresa, que em momentos difíceis, como o que o país vive atualmente, necessita fazer cortes, e demitir funcionários. O que ainda não acontece nas instituições de ensino.




“A gente não está mandando ninguém embora. Se fosse numa empresa, seria difícil, a gente teria que mandar gente embora. Professor, técnico, estão todos recebendo em dia. Toda a ajuda que aluno recebe de refeitório e moradia está preservada” afirmou.

Abraham abriu as caixas de chocolates, e foi explicando ponto a ponto os cortes.

“Estamos pedindo que 3,5 desse chocolates (abriu e cortou um bombom ao meio), deixa ele para comer depois de setembro. 3,5 % dos 100, segura, porque o salário está integralmente preservado e pago, todo o auxilio aos alunos preservado, e ficam espalhando que a gente está fechando tudo” completou.

Ao final da live, o presidente Jair Bolsonaro disse que iria confiscar 30% dos chocolates do ministro da Educação.

Anuncie Sua Marca Aqui

Visite Nosso Canal “WOL Notícias – World OnLine” No Youtube




Associação pede ao STF fim dos transportes coletivos de passageiros por meio de aplicativo
Presidente Bolsonaro vai analisar horário de verão
Eduardo Bolsonaro denuncia agressões durante ato contra a ditadura
Bolsonaro visita muro das lamentações em Jerusalém
Recurso de Lula será analisado pelo STJ
Alerj pedirá investigação sobre atuação de snipers no Rio de Janeiro
Ministro Barroso diz que ‘a sociedade deixou de aceitar o inaceitável’
Maduro anuncia racionamento de eletricidade na Venezuela
Deixe Seu Comentário