Lava Jato cumpre mandados de buscas em SP e prende executivos do Banco Paulista




 

A 61ª fase da Operação Lava Jato cumpre mandados de buscas em SP e prende executivos do Banco Paulista na manhã desta quarta-feira (8).

Ao todo, os agentes da Polícia Federal (PF) cumprem três mandados de prisão e 41 de busca e apreensão na cidade de São Paulo (SP). As investigações apontarem a participação de executivos do Banco Paulista S.A. em esquemas de lavagem de dinheiro ligados à integrantes do “Setor de Operações Estruturadas da empreiteira Odebrecht.

As investigações também revelaram um repasse de R$ 48 milhões pela Odebrecht no exterior para seis executivos do setor entre os anos de 2009 e 2015 através de contratos ideologicamente falsos como o Banco do Brasil.




Também são objeto de apuração pela Lava Jato, outros repasses suspeitos a empresas aparentemente sem estrutura no valor de R$ 280 milhões. No Rio de Janeiro e Porto Alegre, também são cumpridos mandados de buscas e apreensão.

Atuam nessa operação denominada Disfarces de Mamom, cerca de 170 agentes da Polícia Federal e cumpre os mandados expedidos pela 13ª Vara Federal de Curitiba.

O Procurador da República, Júlio Noronha destacou em nota que “a operação inicia a responsabilização de agentes que atuaram no mercado financeiro e bancário, e permitiram que milhões de reais fossem lavados e pagos como propina no grande esquema revelado pela Lava Jato. Quem falhou na detecção dessas condutas criminosas de lavagem e até delas participou, pode ser chamado à responsabilidade” disse.

Anuncie Sua Marca Aqui

Visite Nosso Canal “WOL Notícias – World OnLine” No Youtube




Associação pede ao STF fim dos transportes coletivos de passageiros por meio de aplicativo
Presidente Bolsonaro vai analisar horário de verão
Eduardo Bolsonaro denuncia agressões durante ato contra a ditadura
Bolsonaro visita muro das lamentações em Jerusalém
Recurso de Lula será analisado pelo STJ
Alerj pedirá investigação sobre atuação de snipers no Rio de Janeiro
Ministro Barroso diz que ‘a sociedade deixou de aceitar o inaceitável’
Maduro anuncia racionamento de eletricidade na Venezuela
Deixe Seu Comentário