Justiça de SP toma decisão polêmica e manda Havan afastar funcionários não vacinados – VEJA O VÍDEO!!

Justiça de SP toma decisão polêmica e manda Havan afastar funcionários não vacinados.

A justiça do Estado de São Paulo (SP) tomou uma decisão polêmica ao determinar que uma unidade da Havan no estado, afaste funcionários e terceirizados que não se imunizaram contra o vírus da Covid-19.

A decisão liminar, datada desta Terça-feira (15/03/2022), foi assinada pela juíza Denise Ferreira Bartolomucci, da 2ª Vara do Trabalho de São José dos Campos (SP). Caso a Havan não cumpra a determinação, deverá pagar uma multa diária de R$ 5 mil por cada caso.

A medida atende a uma ação apresentada ao Tribunal Regional do Trabalho de São José dos Campos pelo Ministério Público do Trabalho (MPT). Os promotores apontaram que a Havan teria se recusado a afastar funcionários não imunizados.

Em sua decisão, a juíza determinou que a Havan, de propriedade do empresário Luciano Hang, deverá deslocar os funcionários e os prestadores de serviço em toda a região do Vale do Paraíba para o trabalho remoto enquanto eles não iniciarem o esquema de vacinação.

  • Assista abaixo as noticias mais relevantes desta quinta-feira (17/03/2022)

Volte à Pagina Inicial do Nosso Site Para Ver às Notícias do dia a dia!

Visite a TV Bolsonaro Presidente nossa página no Facebook e faça parte da nossa comunidade.

Justiça de SP toma decisão polêmica e manda Havan afastar funcionários não vacinados

Justiça de SP toma decisão polêmica e manda Havan afastar funcionários não vacinados
Justiça de SP toma decisão polêmica e manda Havan afastar funcionários não vacinados