Browse By

Desembargadores concede Habeas Corpus a “Doutor bumbum”




 

O médico Denis Cesar Barros Furtado, mais conhecido, como doutor bumbum, estava preso preventivamente a 6 meses. E teve seu Habeas Corpus concedido nesta terça-feira por unanimidade pelos desembargadores da 7ª Câmara Criminal do Rio de Janeiro.

O médico Denis estava preso preventivamente desde julho do ano passado. Ele é acusado por homicídio doloso duplamente qualificado, e associação criminosa. Também são rés no caso, sua mãe, Maria de Fátima Barros furtado, Renata Fernandes que era secretária e a Técnica de Enfermagem Rosilene Perreira da Silva.

Denis responde ao processo após morte, de uma de suas pacientes, Lilian Calixto, teria feito um procedimento, com ele, em seu apartamento, na Barra da Tijuca (RJ). Ela morreu por complicações , após procedimentos estéticos.




Solto, Denis deverá cumprir uma série de determinações. Como o comparecimento em juízo periodicamente, não ter contatos com testemunhas, ele não deve sair do estado durante investigação, além de ficar em casa durante à noite e dias de folga.

Visite Nosso Canal “WOL Notícias – World OnLine” No Youtube




Engenheiros são presos por suspeita de fraudes em documentos
Jandira Feghali curtiu post que ataca Brumadinho por eleger Bolsonaro e vira piada na internet
Soldados e Equipamentos de Israel chegaram Hoje em Brumadinho e já resgatam corpos
Essa conta não pode vir para o governo diz Mourão
Dono de pousada frequentada por famosos morre em Brumadinho
Bombeiros voluntários são proibidos de ajudar em Brumadinho.
Vaca que estava atolada foi sacrificada ontem em Brumadinho
Adido militar se separa de Maduro e declara apoio a Presidente Guaidó
Kim Kataguiri desiste de ser presidente da Câmara
Jean Wyllys diz que o presidente sempre o difamou
Ministério Público Federal investiga danos causados pela Vale
Jean Wyllys tenta destruir a imagem do governo se fazendo de político refugiado
Com Bolsonaro em cirurgia General Mourão assume presidência novamente!
Afastamento dos diretores da Vale é discutida pelo governo
Tragédia em Brumadinho já é comparada a outros grandes desastres no mundo
Denúncia contra Lucio Vieira Lima em mais um desdobramento da Lava Jato
Governador libera a escala de 13° Salário dos servidores estaduais de Minas Gerais