Deputado federal é baleado em ataque logo após sair do Congresso Nacional

Mais um crime de alta repercussão aconteceu no mundo. Desta vez, um deputado federal acabou sendo baleado próximo do Congresso Nacional. Foram dois criminosos que saíram de um carro e armados atiraram no político e em seu assessor.

Em estado grave, o deputado federal argentino Héctor Olivares tomou apenas um tiro, no peito. O seu amigo e assessor Miguel Marcelo Yadón foi atingido por alguns tiros e acabou falecendo.

Para a ministra de Segurança da Argentina, Patricipa Bullrich, o principal alvo do ataque era o assessor do deputado, uma vez que ele foi atingido com mais precisão e morreu.

Um vídeo de câmeras de segurança instaladas próximas do local do crime exibiu todo o atentado que deixou o deputado federal em estado grave. Ambos estavam andando na praça do Congresso da Nação, próximo do Congresso Nacional.

O vídeo do atentado foi divulgado, porém não será mostrado nesta reportagem por conta das cenas fortes apresentadas. O carro estaciona ao lado do deputado e do assessor, logo após é possível perceber os disparos.

Nas imagens, é possível visualizar que o assessor Yadón caiu e ficou estático no chão, mas o deputado federal Olivares continuou se movimentando e pedindo ajuda. O fato de que os atiradores viram o deputado se movendo e não terminaram de executar o ato cresceu as suspeitas de que o verdadeiro alvo era o assessor.

O motivo, no entanto, ainda não foi descoberto pela polícia argentina. Um ciclista se aproximou do local e indicou que ajudaria, porém acabou fugindo após perceber que um dos atiradores estava fora do carro.

Deixe Seu Comentário