Deltan Dallagnol pede ajuda das redes sociais e alerta sobre golpe contra à Receita Federal




 

O Procurador da República e Coordenador da Lava Jato em Curitiba Deltan Dallagnol Pede Ajuda Das Redes Sociais Contra A Medida Que Proíbe Que Auditores Fiscais Da Receita Federal Investiguem Crimes Não Fiscais, através de seu Twitter.

De acordo com Deltan, uma “proposta anunciada hoje (ontem) e que será votada em comissão mista do Congresso Nacional amanhã ameaça o combate à corrupção” escreveu.

Pediu também para que os seguidores e internautas compartilhasse o post. A medida que proíbe que auditores fiscais na Receita Federal investigue crimes que não são fiscais.

“A gente precisa dar limites para não haver a exacerbação do exercício de determinados poderes, e tem ocorrido sim a extrapolação na atuação fiscais da Receita Federal, que fogem da sua competência e das suas atribulações” disse o senador Fernando Bezerra (MDB-PE), relator da medida provisória.

A proposta de autoria do senador Eduardo Braga (MDB-AM) deve ser votado ainda hoje.

“A gente fica preocupado porque a Receita Federal nos ajudou muito na Lava Jato, foi essencial para a Lava Jato existir e essencial para a investigação de crimes graves” disse Deltan.

Anuncie Sua Marca Aqui

Visite Nosso Canal “WOL Notícias – World OnLine” No Youtube




Associação pede ao STF fim dos transportes coletivos de passageiros por meio de aplicativo
Presidente Bolsonaro vai analisar horário de verão
Eduardo Bolsonaro denuncia agressões durante ato contra a ditadura
Bolsonaro visita muro das lamentações em Jerusalém
Recurso de Lula será analisado pelo STJ
Alerj pedirá investigação sobre atuação de snipers no Rio de Janeiro
Ministro Barroso diz que ‘a sociedade deixou de aceitar o inaceitável’
Maduro anuncia racionamento de eletricidade na Venezuela
Deixe Seu Comentário