Cesar Maia recebeu propina da OAS por escritório de advocacia afirma delator




 

Pai do presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), o ex-prefeito do Rio de Janeiro Cesar Maia (DEM), recebeu propina da OAS por escritório de advocacia afirma delator, que é ex-executivo da empresa.

O ex-executivo da OAS disse em depoimento à Operação Lava Jato que a empreiteira pagou propina à Cesar Maia por meio de um contrato falso, com o escritório Sérgio Bermudes, um dos maiores advogados do país.

Segundo o jornal Folha de S.Paulo o delator prestou depoimento e fez as afirmações aos procuradores da República, e faz parte de um conjunto de 200 temas em que 8 ex-funcionários da OAS que trabalhavam no setor de propinas delatam os esquema de corrupção envolvendo políticos e agentes públicos.

O acordo de colaboração premiada foi fechado entre 8 delatores, homologados pelo STF em julho de 2018. Essa não foi a primeira vez que o esquema de propina envolvendo o vereador Cesar Maia foi citada por delatores.

A mesma história já havia sido contada pelo ex-executivo Marcelo Tadeu, que foi responsável pela geração de caixa dois usado para pagamento de suborno.

Anuncie Sua Marca Aqui

Visite Nosso Canal “WOL Notícias – World OnLine” No Youtube




Associação pede ao STF fim dos transportes coletivos de passageiros por meio de aplicativo
Presidente Bolsonaro vai analisar horário de verão
Eduardo Bolsonaro denuncia agressões durante ato contra a ditadura
Bolsonaro visita muro das lamentações em Jerusalém
Recurso de Lula será analisado pelo STJ
Alerj pedirá investigação sobre atuação de snipers no Rio de Janeiro
Ministro Barroso diz que ‘a sociedade deixou de aceitar o inaceitável’
Maduro anuncia racionamento de eletricidade na Venezuela
Deixe Seu Comentário