Browse By

Bolsonaro questiona caso Adélio e chama Moro de Judas

Bolsonaro questiona caso Adélio e chama Moro de Judas.

O Presidente Jair Messias Bolsonaro questionou, através de suas redes sociais, na manhã deste sábado (02/05/2020), as investigações sobre o atentado realizado contra ele, em 6 de setembro de 2018.

O caso aconteceu em Juiz de Fora (Minas Gerais), quando Bolsonaro era pré-candidato à Presidência da República. Ele participava de um ato de campanha.

O agressor, preso em flagrante, é Adélio Bispo de Oliveira, que afirmou que agiu sozinho na tentativa de tirar a vida do presidente.

Na postagem do Twitter, o chefe do executivo compartilhou um vídeo em que o autor mostra as falas que, segundo ele, provariam que Adélio Bispo agiu sozinho.

Na mensagem que acompanha o arquivo, Bolsonaro chama o ex-ministro da Justiça e Segurança Pública de Judas e questiona a investigação do crime.

“Os mandantes estão em Brasília? O Judas, que hoje deporá, interferiu para que não se investigasse? Nada farei que não esteja de acordo com a Constituição. Mas também não admitirei que façam contra mim e ao nosso Brasil passando por cima da mesma”, escreveu Bolsonaro.

Ainda no mesmo vídeo compartilhado por Jair Bolsonaro, um técnico de informática comenta um outro vídeo que mostra a movimentação próxima de Bolsonaro, momentos antes do atentado contra ele.

É possível ouvir, na gravação, vozes dizendo frases como “calma, Adélio” e “calma rapaz, não dá agora”.

Além disso, é perceptível ouvir uma outra pessoa dizendo “tem que ter paciência, cara”.

Dois delegados do Serviço de Inquéritos Especiais (Sinq), grupo que investiga inquéritos que correm no Supremo Tribunal Federal (STF), e procuradores da equipe do procurador-geral da República, Augusto Aras, também participarão.

Conheça os Melhores Cartões em Cartões Caixa

Volte à Pagina Inicial do Nosso Site Para Ver as Notícias do Dia!

Bolsonaro questiona caso Adélio e chama Moro de Judas

Bolsonaro questiona caso Adélio e chama Moro de Judas
Bolsonaro questiona caso Adélio e chama Moro de Judas

Entretanto… No entanto… De acordo com o… Ainda de acordo com… Mesmo que… Por outro Lado… Além disso… Mesmo porque… Aliás… Afinal… Ademais… Anteriormente… Assim… contudo… Embora… Enquanto… Então… Entretanto… Outrossim… Pois… Por enquanto… Por enquanto…