Browse By

TSE responde à questionamentos sobre segurança das urnas eletrônicas

TSE responde à questionamentos sobre segurança das urnas eletrônicas, Presidente Jair Bolsonaro volta a defender a necessidade do voto impresso.

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) faltando uma semana para o segundo turno das eleições municipais que ocorrerá neste próximo domingo (29/11) trabalha para conter dúvidas que tem sido levantadas sobre a segurança das urnas eletrônicas.

Segundo informações divulgadas na semana passada, brechas encontradas na urna ocasionou a contratação de um supercomputador que realiza a apuração dos votos.

A compra do supercomputador movimentou aliados do presidente da Repíblica, Jair Messias Bolsonaro (Sem Partido) que questionaram o atual sistema eleitoral do país.

Segundo o presidente Bolsonaro, ninguém acredita no voto eletrônico, e ainda afirma que o governo deve atender à vontade popular retirando a urna eletrônica, com a certeza de que o parlamento aprovará tal ato.

“Eu por exemplo não confio no sistema eleitoral, alguns falam que fui eleito nesse sistema, mas fui eleito porque tive muito voto, ninguém acredita nesse voto eletrônico, e devemos atender à vontade popular, tenho certeza de que o parlamento vai tratar disso no ano que vem” afirmou Jair Bolsonaro.

TSE responde à questionamentos sobre segurança das urnas eletrônicas

O presidente do TSE, Luis Roberto Barroso garante que as urnas são confiáveis e que as urnas não tem fraude. Segundo ele, o resultado das eleições sai da própria urna após a totalização, que é feita pelo Tribunal.

“Os resultados tiveram a mais absoluta integridade e fidedignidade, tudo auditável. Não há risco de fraude no sistema eleitoral brasileiro. O TSE só faz a totalização, o resultado das eleições sai da própria urna imediatamente após o término da votação”. afirmou Luis Roberto Barroso.

Segundo o TSE, a urna eletrônica já foi utilizada em 13 eleições, e trabalha com o que há de mais moderno em termos de segurança da informação, integridade, confiabilidade, transparência e autenticidade do processo eleitoral brasileiro.

O TSE afirma que a proteção do sistema é feita em camadas formadas por diversas barreiras que não permitem que a urna seja violada.

A urna cria um efeito dominó em caso de ataque que bloqueia o sistema e trava o equipamento.

Isso faz com que o ataque, como qualquer tentativa de invasão de software, resulte em bloqueio. Embora a urna seja eletrônica, ela funciona de maneira isolada, sem utilizar internet ou Bluetooth, e cada uma produz um relatório que, caso seja necessário, pode ser auditado.

Confira o vídeo na íntegra!

Visite nossa pagina TV Bolsonaro Presidente no Facebook e faça parte da nossa comunidade!

Volte à Pagina Inicial do Nosso Site Para Ver as Notícias do Dia!

Entretanto… No entanto… De acordo com o… Ainda de acordo com… Mesmo que… Por outro Lado… Além disso… Mesmo porque… Aliás… Afinal… Ademais… Anteriormente… Assim… contudo… Embora… Enquanto… Então… Entretanto… Outrossim… Pois… Por enquanto… Por enquanto…