Browse By

Ministro da Economia Paulo Guedes diz que o pior da crise passou

Ministro da Economia Paulo Guedes diz que o pior da crise passou e Brasil vai voltar a gerar empregos.

O ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou, por meio de um projeto de autonomia do Banco Central (BC), nesta quarta-feira (04/11), que o pior da crise causada pelo Covid-19 e o Brasil vai voltar a gerar empregos.

De acordo com o Ministro, Paulo Guedes, o momento que a pandemia do Corona Vírus está cedendo, a economia está voltando e se mostrou confiante com a retornada dos empregos no Brasil.

“E nós vamos reduzir o desemprego, nós vamos empregar mais gente até o final do ano, os registros vão dizer que o desemprego aumentaram, claro, ninguém contava os invisíveis, ninguém contava os 40 milhões estavam escondidos, agora a pergunta vai ser o seguinte, quantos milhões de brasileiros que estavam invisíveis e estavam atendidos” afirmou Paulo Guedes.

O Ministro, Paulo Guedes, aproveitou a oportunidade para agradecer o Congresso Nacional o apoio da proposta de autonomia do Banco Central.

“A missão de um banco central é com a preservação da estabilidade da moeda de um país a preservação do valor do poder de compra dos salários, milhões de brasileiros trabalhando a inflação não pode subir, por que eles perdem o valor de compra da moeda” acrescentou Guedes.

Pra finalizar o Ministro, Paulo Guedes, disse que o Brasil avança e em breve terá uma moeda digital e quando alguém fala mal do Brasil o país da uma resposta eficiente e avança a modernização.

Visite nossa pagina TV Bolsonaro Presidente no Facebook e faça parte da nossa comunidade.

Volte à Pagina Inicial do Nosso Site Para Ver as Notícias do Dia!

Ministro da Economia Paulo Guedes diz que o pior da crise passou

Ministro Paulo Guedes diz que o pior da crise passou
Ministro da Economia Paulo Guedes diz que o pior da crise passou

Entretanto… No entanto… De acordo com o… Ainda de acordo com… Mesmo que… Por outro Lado… Além disso… Mesmo porque… Aliás… Afinal… Ademais… Anteriormente… Assim… contudo… Embora… Enquanto… Então… Entretanto… Outrossim… Pois… Por enquanto… Por enquanto…